Atividades

Seminário de Leitura de Freud

A proposta de trabalho do seminário de leitura de Freud para 2022 é dar continuidade à experiência iniciada no último ano, quando a Escola tomou como eixo de trabalho o Seminário 18 de J. Lacan – “De um discurso que não seria do semblant”. Nesse trilhamento, nos propomo-nos continuar seguindo as referências a Freud feitas por Lacan ao longo do seminário.

Não podemos, de jeito nenhum, escapar ao que é do discurso, diz Lacan,“mas eu sei a que me ater”: trata-se do lugar do psicanalista. Freud introduziu o inconsciente. O que ele demonstra é sempre matéria de linguagem. Esse significante ao qual se refere o discurso pode bem ser o único suporte, ele evoca, por sua natureza, um referente. “O referente é sempre real porque ele é impossível de designar. Mediante isto, só resta construí-lo, e a gente o constrói como pode.” (Seminário 18, lição de 10 de fevereiro de 1971)

A bibliografia de cada encontro será enviada oportunamente.

Frequência: quinzenal, às quintas-feiras.

Horário: das 20h30 às 22h00.

Local: plataforma Zoom, com link enviado por e-mail aos participantes.

Coordenação:
Ana Maria Portugal Maia Saliba (convidada)
Daniel Martins
Grace Simões
Leila Mariné

 

Seminário de Leitura

de Lacan

de Freud

Feriado

Março: 10 17 24 31

Abril: 07 14 21 28

Maio: 5 12 19 26

Junho: 2 9 16 23 30

Segundo semestre:

Agosto: 4 11 18 25

Setembro: 1 8 15 22 29

Outubro: 6 13 20 27

Novembro: 3 10 17 24