Atividades

Projetos para Investigação em Psicanálise

Cremos, no entanto, que a transferência tem sempre
o mesmo sentido, de indicar os momentos de
errância e também de orientação do analista […]
Jacques Lacan, 1951

 

“Projetos para Investigação em Psicanálise” é uma das atividades propostas pela formação permanente em circuito. Teve início em 2016 a partir de um movimento que implicou a presença daqueles que se aproximam da Psicanálise e de uma Escola.

Após todos esses anos de trabalho ininterrupto, constatou-se que a lógica da formação permanente em circuito fora acolhida pela Escola e produzira efeitos. Houve um rearranjo; as letras PCFP caíram, o que deu lugar a uma nova designação: “Projetos para Investigação em Psicanálise”. Esse se situa, a partir de agora, no espaço de Investigação, deixando o espaço dos Fundamentos.
Queda das letras, novo lugar, nova operação, outra escrita.

Trata-se, portanto, de uma investigação do tema apurado a cada temporada, tema que é efeito da escuta de questões trazidas pelos participantes. Tal escuta acontece nas discussões de cada encontro e, sobretudo, nas “rodas de conversa” que ocorrem entre uma temporada e outra e onde são colhidos os restos que relançam o trabalho. A duração de cada temporada é “sem calendário garantido”; mas nem tão livre, uma vez que é determinada pela pulsação do trabalho.
A temporada de 2022 abordará a questão da transferência como “pivô da experiência psicanalítica” e propõe como suporte teórico:
1- Localização histórica do conceito de transferência e sua implicação na própria história da Psicanálise.

2- Artigos sobre a técnica – Sigmund Freud (1911-1915[1914])
. A dinâmica da transferência (1912)
. Recomendações aos médicos que exercem a Psicanálise (1912)
. Sobre o início do tratamento (1913)
. Observações sobre o amor de transferência (1915)

3- Transferência e a posição do analista – Jacques Lacan
. Intervenção sobre a transferência (1951)
. A direção do tratamento e os princípios de seu poder (1958)
. Seminário: livro 8, A transferência (1960-1961)

Frequência: semanal, às sextas-feiras

Horário: das 10h30 às 12h

Local: plataforma zoom com o link enviado por e-mail aos participantes, semanalmente. O seminário poderá ocorrer de modo híbrido dependendo das condições sanitárias.

Início: 11 de março de 2022

Coordenação:
Bethânia Pena
Flávia Coutinho
Graça Curi
Jeanne D’Arc Carvalho
Lícia Mara Dias
Mauro Cordeiro